• Dr. Ricardo Bizeli

Será mesmo que a obesidade é só "falta de vergonha na cara"?


      Por que a sociedade reluta tanto em aceitar que a obesidade é uma doença? A pessoa procura um médico, realiza exames, toma medicamentos e pode até ser submetida à uma cirurgia, mas não há sequer um paciente que responda à pergunta "o sr. tem alguma doença?", com a resposta "Obesidade".

       Há uma série de explicações para esse fenômeno. A grande quantidade de pessoas acima do peso (54,1% da população brasileira em 2014, segundo a ONU) se torna um alvo fácil para a mídia, que, em busca de audiência, tende a associar os maus hábitos de vida ao acúmulo de peso, como se as pessoas magras (logo, sem a doença) tivessem hábitos louváveis. Todo mundo tem aquele amigo ou familiar que come três vezes mais que o obeso, sem qualquer cuidado nutricional, e não engorda. Para essa pessoa ninguém recomenda "mudança de hábitos"...

Nunca veremos um Globo Repórter falando sobre os benefícios do tratamento do lúpus ou da tuberculose, uma vez que, sendo doenças, as pessoas simplesmente irão ao médico para tratá-las. Já na obesidade, todo mundo já tem a opinião formada (e errada).

     Acredito que o profissional de saúde e o paciente sejam culpados dessa repulsa em aceitar a obesidade como doença. O profissional prefere essa ideia para poder transferir totalmente para o paciente a culpa pelo eventual fracasso no tratamento, dando uma "bronca", para fechar com chave de ouro... Já os pacientes gostam também dessa versão, pois uma vez que assumam que são culpados pela própria situação, se sentem no controle dela, com aquele pensamento: "é só criar vergonha na cara, segunda-feira eu resolvo isso". Mas esse desejo de controle é ilusório, pois se o paciente está procurando ajuda, é porque não está resolvendo o problema por conta própria.

Esse desejo por controle é percebido, por exemplo, no receio muito maior das pessoas em andar de avião, mesmo este sendo um meio de transporte infinitamente mais seguro que o carro. Porém, no avião a pessoa se sente completamente impotente se houver algum problema, sem qualquer CONTROLE sobre a situação. E isso gera medo...

Outra forma de entender o porquê da sociedade não aceitar a obesidade como doença, é lembrar qual é a doença mais temida pelas pessoas: o câncer. E porque esse medo? Ninguém tem dúvida de que o câncer é algo sem CONTROLE que apareceu em nosso corpo. Uma genuína doença, que necessita avaliação médica, tratamentos difíceis, cirurgias, etc...

Já a obesidade é "só criar vergonha na cara"? Não, decididamente não. Se você ganhar peso, é muito simples a orientação: procure seu médico.

#Obesidade

142 visualizações